Curvaturas Penianas - Urologista no Porto especialista em disfunção erétil - Prof. Nuno Tomada Curvaturas Penianas - Urologista no Porto especialista em disfunção erétil - Prof. Nuno Tomada
Home > Doenças > Curvaturas Penianas

Doenças

  • CURVATURAS ADQUIRIDAS

    A Doença de Peyronie é uma patologia benigna do tecido conjuntivo peniano, decorrente do processo cicatricial secundário a microtraumatismos de origem sexual. A cirurgia é o tratamento de eleição na impossibilidade de relações sexuais satisfatórias, desde que a doença se apresente estável num período de 3-6 meses. As cirurgias de encurtamento peniano (plicaturas ou corporoplastias) estão indicadas em doentes com curvaturas penianas inferiores a 60º e sem disfunção eréctil. Contudo, nas curvaturas graves ou complexas em doentes sem disfunção eréctil, está indicada a cirurgia de alongamento peniano com incisão/colocação de enxerto na área da placa. Para além disso, nos indivíduos com disfunção eréctil refractária às terapêuticas de 1ª e 2ª linha, está indicada a colocação de prótese peniana.

  • CURVATURAS CONGÉNITAS

    A deformidade congénita do pénis é relativamente rara, assumindo-se que a grande maioria dos homens apresentam pénis em erecção com pequenos desvios. Geralmente esta curvatura é para a esquerda, mas que sendo inferior a 10-20° não apresenta qualquer compromisso estético ou funcional. Especialmente a partir de 30°, pode existir dificuldade na penetração ou dor durante o acto, no próprio ou parceira, além das repercussões negativas na auto-imagem com evitamento do contacto sexual. Na maioria dos casos o diagnóstico é efectuado tardiamente por vergonha em recorrer ao médico especialista. As opções terapêuticas disponíveis passam pela intervenção cirúrgica, tal como na Doença de Peyronie, embora de forma geral se evite o recurso a técnicas de implantação de enxerto dado o maior risco de disfunção eréctil.